Principal

EM RONDON: MERENDA ESCOLAR TEM ALIMENTOS VINDOS DIRETO DO CAMPO PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leandro Favoretto   
Qua, 12 de Setembro de 2018 12:32

Programa que incentiva a compra de produtos da agricultura familiar, abrange a rede municipal e a estadual de ensino.

alt

Desde 2003, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ação do Governo Federal vem colaborando com o enfrentamento da fome e da pobreza no Brasil e, ao mesmo tempo, fortalecendo a agricultura familiar. Para isso, o programa utiliza mecanismos de comercialização que favorecem a aquisição direta de produtos de agricultores familiares ou de suas organizações, estimulando os processos de agregação de valor à produção, sendo investidos 100% do valor repassado pela União na Compra Direta.

No município de Rondon parte da produção agrícola familiar tem destino certo: as 7 (sete) instituições de ensino municipal e estadual instaladas no município, sendo elas, o Centro Municipal de Educação Infantil Menino Deus, Centro Municipal de Educação Infantil Francisco Sella, Escola Municipal Marechal Castelo Branco, Escola Municipal do Campo Agrupada de Bernardelli, Colégio Estadual Almirante Barroso, Colégio Estadual Castro Alves e a Escola Rosa Azul recebem gêneros alimentícios vindos direto do campo para a merenda escolar.

Segundo o prefeito Ailton Valloto “são R$75 Mil Reais investidos através do Compra Direta que beneficia diversas crianças e adolescentes de nossa rede municipal e estadual de ensino, favorecendo melhor qualidade de vida, melhor rendimento escolar, além de fortificar a nossa agricultura familiar”.

São 18 (dezoito) famílias fornecedoras dos mais diversos gêneros alimentícios (alface, almeirão, abobrinha, batata-doce, brócolis, abacate, goiaba, mexerica, beterraba, cebolinha, cenoura, couve-flor, laranja, milho verde, pepino, repolho, salsinha, tomate, banana-maçã, banana nanica, banana prata, inhame, vagem, agrião, chuchu, melancia, limão rosa, limão tahiti, acelga, abacaxi, ponkan, morango, quiabo entre outras).

Na rede municipal com ajuda da nutricionista Márcia Regina Betin Rosa, o cardápio escolar é adequado as reais necessidades nutricionais diárias, sempre optando por alimentos frescos e saudáveis, além de acompanhar os casos específicos de cada criança, após avaliação médica e nutricional.

O gerenciamento do programa é bastante complexo, porém os resultados são muito satisfatórios. Cada um dos envolvidos – sendo a União, o Estado, o Município, a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Assistência Social – desempenha um papel rigoroso no processo e, durante todo o mês, as escolas garantem aos alunos, alimentos de qualidade e ricos em nutrientes.

Além disto, o Programa Nacional de Alimentação Escolar, o PNAE, representa a maior e mais abrangente experiência em programas de alimentação e nutrição na América do Sul, com o objetivo de garantir, por dia, no mínimo uma refeição, oferecida no período em que o aluno se encontra na escola, que supra ao menos 15% dos requisitos nutricionais diários. Segundo a nutricionista Márcia R. B. Rosa “para a realidade Rondonense são proporcionados de 30% a 50% de alimentos ricos dos mais diversos nutrientes aos alunos, superando a margem mínima estabelecida pelo programa”. Sendo assim, somado com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), as escolas da rede municipal e estadual de ensino garante mesa farta e saudável a todos os alunos.

“O Paraná, segundo dados do próprio Governo Estadual, é o único estado do Brasil que cumpre a meta de comprar 30% da alimentação escolar da agricultura familiar, onde o município de Rondon ultrapassa esse valor, adquirindo cerca de 70% da alimentação escolar, advinda da agricultura familiar no ano”, concluiu a nutricionista.

alt

alt

alt

alt

alt

Última atualização em Qua, 12 de Setembro de 2018 12:45
 

Protocolo Oline

Banner

Auto-Atendimento

Banner

Emissao NFSe

Banner
Nós temos 105 visitantes online

Login



Clima Tempo