Principal

COMBATE AO ABUSO E A EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES É TEMA DE PEÇA TEATRAL EM RONDON PDF Imprimir E-mail
Escrito por Leandro Favoretto   
Seg, 21 de Maio de 2018 17:59

Circo Teatro Sem Lona de Maringá apresenta a peça “O Medo de Terezinha” para crianças e adolescentes da rede municipal e estadual de ensino.

alt

Nesta segunda-feira (21), no Clube do Idoso Reviver em Cristo de Rondon, os alunos da Rede Municipal e Estadual de Ensino puderam participar de uma programação alusiva à data de (18) de maio, que foi o Dia Nacional de Enfrentamento Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

A Secretaria Municipal de Assistência Social, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), com apoio do Conselho Tutelar e da Secretaria Municipal de Educação desenvolveram um projeto com todas as escolas do município para trabalhar o tema “Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. A partir do tema proposto, as crianças e adolescentes, confeccionaram cartazes, faixas e desenhos, ilustrando o diálogo e o respeito dentro do contexto familiar.

Hoje sendo o último dia e ponto culminante do projeto foi realizado uma peça teatral “O Medo de Terezinha” pelo grupo Circo Teatro Sem Lona de Maringá, onde contou com a presença dos alunos do Centro Municipal de Educação Infantil Menino Deus de Rondon, do Centro Municipal de Educação Infantil Francisco Sella, da Escola Municipal Marechal Castelo Branco, da Escola Municipal do Campo Agrupada de Bernardelli, da Escola Rosa Azul e do Colégio Estadual Almirante Barroso.

A ideia da apresentação teatral foi de mostrar para as crianças e adolescentes que existem segredos que ninguém deveria carregar para si próprio. A história relatada “O Medo de Terezinha” que vem de encontro com as inúmeras vítimas de violência sexual que surgem no dia a dia dentro do contexto familiar ou fora dela. A peça fez uma analogia à vulnerabilidade infantil, que por muitas vezes as crianças e adolescentes têm medo e/ou não sabem como expor ou procurar ajuda diante da violência e/ou abuso praticado.

“Através da peça é possível fazer uma abordagem lúdica, interativa e de fácil compreensão para desenvolvermos um trabalho preventivo e de orientação contra o abuso de crianças e adolescentes”, explica a presidente do CMDCA, Cleusa Maria Guelfi.

“O teatro desencadeia possíveis formas de fazer com que a criança e/ou adolescente perca o medo e busque a melhor forma possível de ajuda, sendo através do professor, coordenação pedagógica, direção, conselho tutelar, CREAS ou de outros órgãos competentes. É muito importante para as crianças e adolescentes reconhecerem que em alguns casos o que parece uma simples brincadeiraé na realidade uma tentativa de se aproveitar de sua inocência ou fragilidade, e muitas vezes isso acontece dentro da própria casa. Ações como essa contribuem para proteger a infância e o seu pleno desenvolvimento”, enfatiza a secretária de educação, Sueli de Souza de Oliveira.

 Ainda, segundo o Conselho Tutelar de Rondon, em 2017, foram registrados 34 casos de denúncias envolvendo vítimas de assédio, estupro e aliciamento de crianças e adolescentes no município. Só neste ano de 2018, entre os meses de janeiro a abril já foram registrados 7 novos casos, isso porque não foram registrados nenhum outro tipo de denúncia até então, informou o respectivo órgão.

Todos os casos são encaminhados pelo Conselho Tutelar ao Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) para acompanhamento.

O evento contou com a presença da secretária de assistência social, Nanci Valloto, coordenadora do CREAS, Ana Camila Di Renzo, coordenadora do CRAS, Vanessa Maria Amaral, secretária de educação, Sueli de Souza de Oliveira, diretora do Castelo Branco, Dâmaris Macedo Napoli, diretora do CMEI Menino Deus, Dôrica Gomes da Silva, diretora do CMEI Francisco Sella, Cleide Regina Leguli Dorne, diretora da Escola Rosa Azul, Cleusa Guelfi, conselheiros tutelares, profissionais técnicos da secretaria municipal de assistência social, professores, educadores e alunos.

Última atualização em Seg, 21 de Maio de 2018 18:18
 

Protocolo Oline

Banner

Auto-Atendimento

Banner

Emissao NFSe

Banner
Nós temos 44 visitantes online

Login



Clima Tempo